JAPÃO: Fitch afirma IDR de longo prazo em A, com perspectiva negativa

Extraído de: agorainvest   Maio 16, 2013

São Paulo, 16 de maio de 2013 - A agência de classificação de riscos Fitch afirmou o IDR (issuer default rating - rating de probabilidade de inadimplência do emissor) de longo prazo em moeda local e estrangeira do Japão em 'A', com base na leitura de que o Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês) e o governo encerrarão duas décadas de estagnação e deflação. A perspectiva é negativa. O IDR de curto prazo do país foi mantido em 'F1' e o teto-país foi afirmado em 'AA'. "Se for bem sucedido [fim da deflação e da estagnação] e sustentado por uma reforma estrutural para aumentar o crescimento potencial, junto com um plano credível de redução do déficit no médio prazo, a dinâmica adversa da dívida pública do Japão pode ser corrigida", afirma a Fitch, em nota. De acordo com a agência, as finanças públicas são o principal problema para os ratings do país. A relação entre a dívida e o Produto Interno Bruto (PIB) do Japão era de 230,5% ao final de 2012, a mais elevada entre os países com maiores ratings. A perspectiva negativa reflete a incerteza em relação ao sucesso do plano japonês de conseguir fazer a economia crescer e a falta de detalhes sobre um programa de reformas de consolidação fiscal. Ivan Ryngelblum / Agência CMA Edição: Douglas Antunes Copyright 2012 - Agência CMA
Autor: Vinculado ao agorainvest


 
 
Deixe seu comentário



Siga o Ecofinanças