Licenciamento: calendário de emplacamento 2014 do Detran Rio Grande do Norte

Extraído de: novasdodia.com.negocios   Janeiro 06, 2014

Veja aqui quando é a hora de emplacar seu veículo. Divulgado o calendário 2014 das taxas de licenciamento de veículos. O valor do imposto, de acordo com o Detran/RN, não sofreu reajuste, permanecendo em R$ 60, independente do ano ou categoria do enquadramento do transporte. Os períodos de pagamento são disciplinados pelo final da placa do veículo.

A tabela indica que o primeiro grupo será o dos veículos com finais de placa 1 e 2, que deverão realizar a quitação da taxa até os dias 20 e 21 de fevereiro, respectivamente. O calendário tem seu término no mês de julho, no caso dos carros com final de placa zero.

A Coordenadoria de Registro do Detran/RN enfatiza que a validade dos documentos 2013 -2014 começa a se vencer apenas no mês de setembro.

Os usuários vão poder imprimir a segunda via diretamente na página eletrônica www.detran.rn.gov.br. A mesma regra vale para os contribuintes que estão em viagem e não estão portando o documento", disse.

A taxa de licenciamento é o único tributo referente aos veículos cuja arrecadação é de responsabilidade do Detran/RN, e os valores arrecadados são utilizados na manutenção física das instalações do órgão e nas ações empreendidas pela Instituição. Atualmente há 965.571 veículos registrados no Estado.

A perspectiva é que o número bata na casa do milhão durante a realização da Copa do Mundo deste ano.

Consulte também outros estados: Paraíba, Ceará, Pernambuco, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia.

detran jp | carros 2014 con taxa zero | tabela de emplacamento alagoas 2014 | emplacameto 2014 0 | http://www novasdodia com/licenciamento-calendario-emplacamento-2014-detran-rio-grande-norte/ | Multas Detran Rio De Janeiro | taxa 0 2014 | taxa zero 2014 |

Faça a cotação do seguro do seu veiculo grátis em várias seguradoras e veja qual lhe oferece o melhor preço, clique aqui

Autor: Vinculado ao novasdodia.com.negocios


 
 
Deixe seu comentário



Siga o Ecofinanças