Operário da usina de Belo Monte é preso com dinamite no alojamento

Extraído de: noticias.bol.uol   Março 11, 2013

DE BELÉM

Um operário da hidrelétrica de Belo Monte, em construção no Pará, foi preso nesta segunda-feira (11) depois que uma banana de dinamite foi encontrada dentro de seu armário, no alojamento da obra.

Antes disso, segundo a Polícia Civil, ele havia sido demitido por estar alcoolizado e provocando "baderna" na noite anterior. O CCBM (Consórcio Construtor de Belo Monte) mandou funcionários irem buscar os pertences do operário em seu armário e encontraram a banana de dinamite.

O trabalhador afirmou à polícia que pegou o explosivo no canteiro de obras e resolveu guardá-lo.

De acordo com a polícia, o homem, que aparenta ter cerca de 30 anos, tinha dois documentos de identidade com nomes diferentes.

Além dele, outros três foram demitidos porque também estavam alcoolizados e provocando tumulto, afirma o delegado Cristiano Nascimento. Nos armários deles foram encontradas garrafas de álcool.

Na semana passada, operários colocaram fogo em alojamentos e provocaram depredação. Dois foram presos. Segundo a Conlutas, central sindical ligada ao PSTU, os protestos ocorreram porque o CCBM cortou um adicional trabalhista. O consórcio diz que o corte já estava previsto em contrato.

A hidrelétrica de Belo Monte está em construção na região de Altamira (900 km de Belém) e deve ser concluída em 2019. Será a terceira maior do mundo. Atualmente tem 21 mil trabalhadores, que têm realizado protestos com frequência.

(AGUIRRE TALENTO)

Autor: Vinculado ao noticias.bol.uol


 
 
Deixe seu comentário



Siga o Ecofinanças