Salário mínimo deve subir para R$ 725 em 2014

Extraído de: midianews.economia   Março 03, 2013

Remuneração básica poderia chegar a R$ 772, simula especialista

O crescimento de apenas 0,9% da economia brasileira em 2012, divulgado nesta sexta-feira (1º), baixou a projeção anterior de aumento do salário mínimo para 2014 de R$ 729 para R$ 725, segundo cálculos do coordenador de relações sindicais do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), José Silvestre. Atualmente, a remuneração básica dos brasileiros é de R$ 678.

Para chegar ao percentual de reajuste anual do mínimo, o governo considera a variação da inflação , medida pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) do ano anterior e o crescimento do PIB nos últimos 24 meses.

Quanto menor for a evolução da soma de tudo que o Brasil produziu, menor será o reajuste do salário mínimo. O governo, no entanto, pode arredondar o percentual definido.

A projeção do novo valor do mínimo de R$ 725 para o ano que vem considera o valor atual (R$ 678) acrescido de 0,9% da evolução do PIB em 2012 e estimativa de inflação na casa dos 6%. Para Silvestre o valor poderia ser maior:

— O mínimo poderia chegar a R$ 772, 58 no ano que vem, caso a economia brasileira tivesse o bom desempenho de 2010, quando o PIB (Produto Interno Bruto) cresceu 7,25%. O cálculo considera uma inflação de 6%.

O avanço do PIB de 2012 ficou também abaixo das expectativas de mercado divulgadas pelo governo, que projetava alta de 4,5% no começo de 2012. A última expectativa do Banco Central era de um crescimento de 1%.

O indicador registrou uma tímida alta de 0,6% no quarto trimestre na comparação com o terceiro. Em valores correntes, o indicador somou R$ 4,403 trilhões. Já o PIB per capita fechou em R$ 22,40 mil — alta de 0,1% (praticamente estável) em relação a 2011.

Autor: Vinculado ao midianews.economia


 
 
Deixe seu comentário



Siga o Ecofinanças