Além de Telexfree, 7 empresas são investigadas por suspeita de pirâmide

Extraído de: investmax   Julho 01, 2013

Vitor Sorano Levantamento é de associação de promotores; diretor do ministério da Justiça fala em "febre"Além da Telexfree, sete outras empresas estão sob investigação por suspeita de serem utilizadas para montar pirâmides financeiras. A informação é de Murilo de Moraes e Miranda, presidente da Associação do Ministério Público do Consumidor (MPCON). O promotor não quis conceder entrevista nem adiantar o nome das investigadas. Os dados foram passados à reportagem reportagem pela assessoria do Ministério Público de Goiás MP-GO, onde Miranda atua.As sete empresas são alvo de algum tipo de processo investigativo -como inquéritos civis e procedimentos administrativos -por iniciado por ministérios públicos estaduais, Ministério Público Federal ou polícias civis e federal. A lista pode aumentar... » Clique Aqui para ler o conteúdo completo desta notícia direto na fonte.

Autor: Vinculado ao investmax


 
 
Deixe seu comentário



Siga o Ecofinanças